27/12/2008

Post íntimo

Essa época do ano é muito difícil postar. Neste ano em especial, porque não estou em casa, e preciso usar computador de lan house, como faço agora, o que é bastante desconfortável.
Há tempos venho pensando nos posts grudados na memória e nas pessoas que desejo homenagear, falar aqui.

E não conseguirei postar até o início do ano. Daqui de Jataizinho, no PR, onde os cachorros mordem as pessoas, provavelmente passo os últimos dias do ano em lugares roots, cheio de mato, sem energia, essas coisas.
Por isso, gostaria de desejar coisas boas pra toda a minha família, em especial a Leila que veio nos visitar (estávamos com saudades) e a Tia Neide, que me abrigou e me aguentou durante toda a minha faculdade (me formei agora em desembro!). Além dos sempore heróis mamãe e papai, que me presentearam eternamente com a vida.
Os amigos, comparsas, admiráveis, etc . Pretendo um post homenagem. Só não sei quando. Precisa lembrar de um montão de gente.
E
Feliz Natal. E Feliz Virada.
Alegria, Desapego e Paz pra todos.
----
Pessoal que viajou comigo pra Argentina e comentou aqui: foi muito legal conhecê-los. vcs são fódas.
Eu quis pular linhas entre os parágrafos, mas essa merda de blogguer, não aceita. Já reeditei 8 vezes, pulando as linhas, mas ele insiste em juntar. Não vou brigar, é natal.

Um comentário:

silvia disse...

Saudade, barba.
Gostei da parte do desapego ;)
bjo estalado