03/04/2008

A nossa tradição: pizza nas mesas

Lembram-se da menina que ficou presa durante quase um mês com 20 homens numa cela?
Então, a juíza acusada pela CPI do Sistema Carcerário (por omissão e falsificação de documentos para tentar se livrar da culpa), foi absolvida hoje, há pouco, por 15 votos contra 7 e uma abstenção, pela justiça do Pará.

Querer a qualquer custo colocar alguém atrás das grades, ou responsabilizá-la pela barbaria cometida com a menor é também irresponsabilidade. Mas, só pra variar um pouquinho, aqui no nosso país, a culpa não é de ninguém: "Quem, a culpa é de quem?". Empurra-se com a barriga e logo todo mundo nos esquecemos.

Os magistrados que votaram pela absolvição alegaram que não havia provas suficientes para condenar a juíza Clarice Maria de Andrade. E, além disso, que a responsabilidade da manutenção do preso (a menina) era do Executivo e não da Justiça. Até aí tudo certo. Mas não é por isso que, conhecendo a situação da menina imersa na cela com os rapazes, a juíza permaneceria quieta, só porque é papel do Executivo e não da Justiça? É um rolo.

Mas logo a gente esquece e abandona o tema. Então, nada melhor do que uma receita básica, tradição no País:

INGREDIENTES:
  • 01 Kg de farinha de trigo
  • 02 colheres de banha
  • 01 ovo inteiro
  • 02 tabletes de fermento biológico
  • 01 xícara de óleo
  • 01 pitade sal
  • 01 pitada de açúcar
  • 05 xicaras de água
MODO DE PREPARO:
  1. Coloque a farinha em uma bacia e acrescente o fermento, o sal, açúcar, ovo e o óleo, coloque a água em uma panela e quando estiver morna misture a banha ate desmanchar em seguida acrescente aos poucos na massa até obter ate o ponto de sovar.
  2. Sove bem, abra com o rolo, uma massa bem fina, como a de pizzaria mesmo e coloque em formas untadas com óleo e farinha.
  3. Depois, é só escolher o recheio e assar!


Bom apetite!

------
PS. Era para ser um post sobre o show que rolou ontem no SESC-Bauru, da banda norte-americana Shellac, encabeçada por Steve Albini, o produtor dos discos "In Utero" do Nirvana e "Surfer Rosa", do Pixies. Mas enfim.

4 comentários:

ZoOps disse...

Era pra ser justo, mas enfim...

Gabriel disse...

Gabriel diz:
oq era pra ser justo?
Dalton diz:
o julgamento.
Gabriel diz:
como assim?
Dalton diz:
alguem tinha q ser punido, mas ngm foi...
'nao foi justo, era pra ser justo, mas enfim..'

Luma disse...

Sempre será assim! Quando a mídia caí em cima todos dizem fazer e acontecer. Quando a "coisa" esfria, colocam panos quentes. Beijus,

SAMANTHA ABREU disse...

adorei,
Gabriel, um amigo têm escrito um 'épico' sobre essa menina.

é uma série de poemas, chamada "A balada do Cárcere"
http://rafaelnolli.blogspot.com/

depois dá uma olha lá.. é lindo.

Um beijO!